Google+

15 de jan de 2008

Porsche 550 Spyder (recriação)

Porsche 550 Spyder

Para o gerente de projetos Fábio da Silva Borges, este clássico significa muito mais do que simplesmente um carro de competição. “Sempre gostei muito de automóveis e, como sou o caçula da família, tive contato com os carros dos meus pais e irmãos”, conta. “Além do mais, passei grande parte da minha infância na oficina do meu pai”, revela.



Porsche 550 Spyder

Porsche 550 Spyder

Porsche 550 Spyder

Porsche 550 Spyder

Porsche 550 Spyder

A paixão acabou tomando forma em meados de 2002. “Comprei um kit da Brauna Carrocerias – mais conhecido como o Augusto da Vila Carrão – e montei 100% do carro”, diz. A riqueza de detalhes impressiona. “Apesar de ser tratar de uma réplica, tentei deixar com um estilo vintage dos anos 50. As pedaleiras são cópias feitas artesanalmente e os retrovisores externos foram moldados em argila, para posterior fabricação do molde em fibra de vidro”, finaliza.

A sensação de andar no carro é muito boa. Para entrar, um pouco de ginástica. Primeiro coloquei a perna direita. Em seguida, foi a vez da esquerda e pronto. A posição de dirigir é extremamente baixa e o motor – fruto de 1.800 cm³ de cilindrada, equipado com um par de carburadores Solex P-II 4 e só abastecido com gasolina Podium - ronca alto atrás do motorista. Me senti – verdadeiramente – no grid de largada.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails