Google+

18 de jul de 2009

Chevrolet Impala

Chevrolet

“One, Two, Three O'clock, Four O'clock rock”...Com essa cadência compassada e um jingado todo especial Bill Haley e seus Cometas deram o pontapé para o ritmo que tomaria conta da América – e do mundo – escandalizando a sociedade, modificando valores e despertando anseios na juventude. Exatamente no dia 14 de maio de 1955 o single Rock Around the Clock alcançou o topo das paradas e vendeu seis milhões de discos em poucos meses.



Impala

Painel

V8

Clássico

1958

Estilo

Rabo-de-peixe

No ano seguinte a molecada teve motivos de sobra para sair de casa e passear até o drive-in mais próximo. Novos ícones despontaram em todos os cantos do país. Buddy Holly, Jerry Lee Lewis, Carl Perkins, Chuck Berry, Fats Domino, Little Richard e o futuro rei Elvis Presley – dentre outros – emplacaram sucessos inesquecíveis e botaram todo mundo, literalmente, para dançar. A expressão rock and roll, criada por Alan Freed no começo dos anos 50, ganhou sua representação máxima.

Os carros também acompanharam o estilo dos topetes e da música. Carrocerias de duas cores, pneus faixa branca e rabos-de-peixe, além de muitos cromados, tornaram essa década a preferida de muita gente. O destaque dessa semana é um dos representantes mais elegantes do período. Com vocês, o Chevrolet Impala 1958.

Lançado no verão daquele ano como modelo top de linha, logo se destacou nos folhetos da GM, que evidenciavam sua beleza, luxo e conforto. O comprador podia escolher entre três opções de motorização, desde os seis cilindros ao fantástico 348 V8 que, por sua vez, podia chegar aos 315 cv brutos.

O clássico das fotos pertence ao conceituado fotógrafo Giacomo Favretto, um milanês que se apaixonou pelo Brasil há 35 anos. E também pelas máquinas da Chevrolet. “Tive quatro modelos da marca deste ano (1958). Um conversível, uma Corvette e uma Nomad. Mas de todos eles, este é minha grande paixão”, revela.

O Impala está com ele desde 1988, tendo sido restaurado três anos após a compra. “Possuo todos os manuais e os catálogos de venda. É 100% original e só coloquei os pneus radiais faixa branca”, conta. Além disso, apenas gasolina Podium alimenta o cinqüentão, que esbanja vitalidade.

E já que estamos no clima, nada melhor do que conferir a inesquecível “Rock around the clock” diretamente do túnel do tempo. Então coloque a cadeira de lado, puxe sua garota e relembre os velhos tempos. Te vejo no meu trailer “Streamline”, outro ícone da época. Mas esse é um tema para outro ensaio. Até lá.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails