Google+

1 de ago de 2009

Honda Gold Wing GL 1000

Honda

Nos anos 70 a molecada se reunia para jogar conversa fora e paquerar as garotas. Entre os assuntos da moda os esportivos nacionais se destacavam. De vez em quando aparecia algum Maverick GT ou Dodge Charger para fazer barulho e animar a noite. As motos que podiam encarar de frente os poderosos V8 eram os modelos “peso-pesado” com 500 ou 750 cm³ de cilindrada. A Honda ocupava um lugar de destaque nesse momento. Quando uma delas encostava por ali, a briga ficava feia.



Gold Wing

1977

Clássica

1000 cm³

Diversão à vista!

Estilo



Os fãs da vida em duas rodas suspiraram mesmo pra valer após a apresentação da Gold Wing GL 1000 no salão de motocicletas de Colônia, Alemanha, em 1974. Motor boxer de quatro cilindros, 999 cm³ de cilindrada, 78 cv brutos, câmbio de cinco marchas, quase 300 kg e um estilo muito peculiar fizeram com que se tornasse objeto de desejo. Uma das características mais interessantes era o sistema de freio, formado por dois discos na dianteira e um na traseira.

As revistas especializadas da época não economizaram elogios à nova versão. Uma delas salientou que Gold Wing era um excelente exemplo da engenharia japonesa, além de um novo estilo de design. Uma delas, inclusive, chegou a fazer um supercomparativo entre ela e oito concorrentes de peso, tais como Harley-Davidson, Moto Guzzi, BMW e Suzuki.

Mas a princípio as vendas da gigante não decolaram, com apenas 5 mil unidades comercializadas em 1975. Em 1977 a empresa fez algumas modificações baseadas na opinião dos consumidores. E deu certo. Neste ano, o mesmo do exemplar das fotos, o preço começava em módicos US$ 2.938 nos Estados Unidos.

Repare aí nos grandes mostradores redondos que marcam em milhas e km/h. A velocidade máxima, vale ressaltar, era próxima dos 200 km/h! Fico aqui pensando o quão emocionante era acelerar uma dessas sentindo a adrenalina nas veias o vento no rosto. Nostalgia pura!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails