Google+

5 de dez de 2009

Peugeot 405 T16

Peugeot 405

Puro-sangue. Essa foi a melhor palavra que encontrei para definir o destaque dessa semana. Esse definitivamente não é um Peugeot qualquer. Repare nas rodas de 16 polegadas e no aerofólio traseiro. Sabe que modelo é esse? Vou dar uma dica: Ari Vatanen. Isso te lembra algo? Já viu ele rodando por aí?



T16



220 cv



16``

Mito


VÍDEO



A sigla na traseira encerra a questão: 405 T16. A versão apimentada da marca francesa acalentou sonhos, gerou suspiros e deixou muita gente comendo poeira. Um vídeo do finlandês Ari Vatanen, já citado, se destaca na internet na tradicional prova de Pikes Peak. E tem mais, esse é o único exemplar conhecido que roda no Brasil. Exclusividade total.

O maior diferencial do modelo, entretanto, está debaixo do capô. Ele traz um motor turbo de 2,0 litros e 220 cv brutos. Além disso, a tração integral mantém o sedã esportivo grudado no chão nas curvas, auxiliado pelo freio a disco nas quatro rodas. Durante a aceleração sente-se a “pegada” da turbina seguida do som característico do aumento de pressão. Nas ruas o pessoal olha duas vezes ao ver um Peugeot tão rápido surgir no retrovisor.

Alberto, o dono do bólido, acompanhado do seu filho Bruno no dia das fotos, me contou que várias unidades do T16 foram doadas à polícia rodoviária francesa. Porém, eram camufladas como simples 405. Imagino a surpresa de alguém que tentou fugir da fera...

Segundo o proprietário o primeiro dono da máquina foi nada menos do que Rubens Barrichello. O carro teria sido um presente da equipe Jordan ao piloto. A cor verde-musgo é bem discreta, mas se esse leão francês colar na traseira do seu carro na estrada, é melhor não pensar duas vezes e abrir passagem.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails