Google+

10 de abr de 2010

Impala SS é sinônimo de conforto

Impala

“American way of life”. A idéia de viver com fartura, abundância e espaço tomou conta dos Estados Unidos na década de 50. Esse estilo influenciou – e muito – a indústria automobilística nos vinte anos seguintes. Gasolina barata e boas estradas foram atrativos para que os motoristas sedentos de asfalto saíssem descobrindo o país a bordo de máquinas enormes equipadas por grandes motores V8.



SS

Painel



1967



P&B


VÍDEO



O Impala foi um destes “carrões”, literalmente falando, que fez fama por lá e também se tornou um ícone por aqui. O clássico SS ano 1967 pertence ao médico José Reinaldo de Oliveira Abrahão e está na garagem da família desde zero-quilômetro. “Ele foi adquirido por meu pai, Sócrates Abrahão, diretamente da concessionária Tom`s, da Flórida”, revela. Aliás, o logotipo da loja está estampado na tampa traseira.

A originalidade é o ponto alto desse Chevrolet, que foi restaurado cuidadosamente pela Sulam. “Foi presente do Sr. Martim, o dono da empresa”, ressalta. O carro também é solicitado de vez em quando para conduzir alguma noiva até o altar. “Primos e amigos já me pediram esse favor”, conta com bom humor. “Nessa hora ele ganha de qualquer modelo novo da Mercedes ou BMW”, enfatiza.

TEST-DRIVE

Em um belo sábado de sol tive a oportunidade de dar uma volta no veterano Impala e entender o porquê de seu sucesso nessas quatro décadas. O interior esbanja espaço e o painel se apresenta à frente do motorista com sobriedade. Olhei pra baixo e pude confirmar o verdadeiro significado da expressão “pé na tábua”. Realmente o pedal do acelerador tem medidas generosas.

A alavanca de câmbio foi devidamente colocada na posição D e lá fomos nós flutuando pela rua. Uma leve pisada move as toneladas da carroceria com leveza e elegância. O SS tem apenas duas marchas, mas nem precisava de mais. O motor V8 ronrona e a paisagem vai se descortinando à nossa frente.

A direção hidráulica pode ser manejada com a ponta do dedo – como nos saudosos Galaxies – e a maciez da suspensão dispensa comentários adicionais. Seguimos na sala de estar com rodas até o ponto de partida. Que pena. O conforto desses carrões norte-americanos é algo singular.

Pra fechar o texto as palavras do dono. “O cuidado consiste apenas na limpeza, fica coberto com uma manta de microfibra e seu motor funciona semanalmente, sem falhas. Se precisar é só ligar que ele vai direto para o Paraguai, onde meu pai fazia as revisões nos bons tempos, em concessionária autorizada em Assunção”.

Realmente com toda essa comodidade era uma ótima idéia levá-lo o mais longe possível para trocar o óleo, não é mesmo? Hasta luego.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails