Google+

3 de abr de 2010

TAC Stark

TAC Stark

Responda rápido: jipe é sinônimo de desconforto? Se a resposta foi sim, o destaque dessa semana chega para mudar esse conceito. Produzido por uma pequena empresa de Santa Catarina, a TAC Motors, chega ao mercado para brigar de igual pra igual com o Troller. Vamos conhecê-lo de perto.



4x4

Painel

2.3 litros turbodiesel








VÍDEO



Cheguei à revendedora do modelo em São Paulo, a Auto Toy, em um sábado ensolarado. O exemplar vermelho me aguardava e consegue despertar a atenção de todos que passam em frente à vitrine. Saímos para um passeio breve. Nada de trilhas ou terra, somente o desafio da selva de pedra pela frente.

TEST-DRIVE

A primeira impressão que se tem é a altura em relação aos outros carros. Basta colocar o pé no estribo e se acomodar com conforto no banco. A visão do motorista é privilegiada, já que o Stark tem suspensão elevada e bastante macia, ao contrário do que se pode pensar. O sistema independente nas quatro rodas com duplo amortecedor se destaca nesse contexto.

Logo nos primeiros quarteirões o torque elevado do motor turbodiesel dá o seu recado. O modelo é equipado por um propulsor de 2,3 litros, 16 válvulas, com intercooler e 127 cv brutos. A força pode ser notada nas retomadas e acelerações, onde o jipinho se sobressai com valentia movendo os 1.635 kg com facilidade.

A transmissão mecânica Eaton de cinco velocidades também merece elogios. Os engates são precisos e a alavanca fica bem próxima do motorista. Em um rápido percurso foi possível notar a curiosidade dos pedestres, os olhares dos outros motoristas e responder às dúvidas de outros jipeiros urbanos que encontramos pelo caminho.

Outro nicho que notou as linhas valentes – mas suaves – do Stark foi o das mulheres. Sem dúvida que a idéia principal da marca é conquistar o seu espaço entre os aventureiros de fim de semana, que não dispensam uma trilha cheia de lama. Mas aqui em São Paulo o público feminino pode representar uma fatia desse mercado, já que o modelo impõe respeito e passa uma idéia extra de segurança.

Para o desenvolvimento do Stark foram gastas, segundo a empresa, mais de 28 mil horas de pesquisa e trabalho. Uma visita ao site oficial pode ser uma boa pra quem quer conhecer um pouco mais sobre ele. Até a próxima!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails