Google+

12 de set de 2010

Cinema automotivo - 24 Horas de Le Mans

Photobucket

Há algum tempo venho falando da necessidade da criação de uma categoria específica sobre esse segmento nas locadoras que tanto agrada a nós, apaixonados por tudo que se move com quatro rodas. E duas também. Agora resolvi criar esse espaço aqui no blog, dedicado às máquinas que fizeram sucesso no mundo da sétima arte.



"A largada"


E pra começar, nada melhor do que falar de um ícone do tema: As 24 Horas de Le Mans. O cult, estrelado por Steve McQueen, conta a história da corrida de longa duração mais famosa do mundo. De quebra, como pano de fundo traz a trajetória de um piloto que luta para vencer a prova após ter sofrido um grave acidente no ano anterior.

Pois bem. À primeira vista, o que mais chama a atenção é a paisagem deslumbrante daquela região francesa. Durante os primeiros quinze minutos, nenhuma fala. Apenas o cenário se descortinando aos olhos do espectador. McQueen aparece chegando à pista a bordo de um belíssimo Porsche 911 (ou 912, me corrija o leitor se eu estiver enganado).

Daí em diante a história vai tomando forma. O mais interessante é justamente a rotina envolvida na tradicional prova. Os campings, a chegada das equipes, a imprensa, o ajuste técnico, a segurança do espetáculo com as guarnições policiais e o clima único que paira no ar. Tudo isso foi filmado de forma extremamente natural, dando uma cara de documentário à produção.

Após o primeiro quarto de hora, a tensão fica evidente quando se aproxima o momento da largada. E esse fato também é passado de forma realista ao espectador. A contagem regressiva começa, o jogo de câmeras foca diversas atitudes dos pilotos, público e equipe. Até que as máquinas são ligadas com estrondo, fazendo com que todos entrem em uma nova dimensão: a da disputa.

Com esse novo ingrediente – a competição – o longa vai cativando o espectador, de forma a dividir o público entre ferraristas e porschistas. A utilização de diálogos em francês e italiano também ajuda a temperar essa mistura. Enquanto isso, a corrida vai acontecendo, com tomadas de cena magistrais e o foco no ronco dos motores. Sensacional.

Chuva, rodadas, carros saindo de lado nas curvas, emoção à flor da pele. Depois de duas horas a sensação é de alívio quando a prova termina. O colorido da época também agrada aos olhos. Resumindo, é um clássico que não pode faltar na sua videoteca.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails