Google+

13 de set de 2010

Detalhes automotivos - Parte 2

Detalhe 01

Uma verdade universalmente conhecida é a de que “a parte faz o todo”. Pois bem. Na segunda parte deste espaço vamos dar uma olhada em alguns detalhes que fazem a diferença quando o assunto é paixão por automóveis.



Detalhe 02

Detalhe 03

Detalhe 04

Detalhe 05

Detalhe 06

Detalhe 07

O primeiro modelo já diz tudo. Mesmo sem o logotipo, a grade com cara de poucos amigos pertence a um dos mais famosos muscle cars da história. O Dodge Challenger representou bem a Mopar ao longo de quatro anos e entrou – definitivamente – para o imaginário norte-americano. Reveja o ensaio AQUI.

O próximo da lista tem estilo italiano com alma ianque, além de ser um exemplar único no Brasil. Adivinhou? Só pode ser o De Tomaso Deauville, o sedã mais rápido da Itália e de seu tempo. Conheça sua história AQUI.

Agora é a vez de um conversível. Raríssimo, por sinal. Ele conseguiu aliar a robustez da mecânica VW com as linhas caprichadas do estúdio Ghia. Com apenas 166 unidades produzidas, este clássico se tornou um ícone em qualquer coleção. Mais fotos AQUI.

Como um modelo consegue, após cinco décadas, ainda figurar como um dos maiores sonhos de consumo nos quatro cantos do globo? A proeza coube ao Porsche 356 Speedster, um automóvel que é sinônimo da marca alemã. Atualmente mais de uma dezena de empresas faz a réplica do mito. Reveja as fotos AQUI.

Nos anos 70 alguns carros eram tão especiais que até mesmo suas siglas tinham fama própria. É o caso do Mustang Mach 1, com estilo e um motorzão debaixo do capô. O esportivo deixou saudades – e muitas marcas de borracha no asfalto. Clique AQUI e relembre um pouco do puro-sangue.

Mais um Porsche nesse espaço? Sim, mas essa é uma recriação de cair o queixo. A versão 718 teve a dura tarefa de substituir o 550 Spyder, famoso nas pistas e na preferência dos rebeldes de plantão, leia-se James Dean. Esse exemplar foi vendido pouco tempo após o ensaio. Mais imagens bem AQUI.

Quando o cavalinho rampante estampou o espaço virtual do blog, surgiram ferraristas de todos os lados. E não é pra menos. A Dino 246 GT é rara, tem uma história incrível e, ainda por cima, é belíssima. Uma verdadeira macchina. A matéria completa está AQUI.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails