Google+

5 de set de 2010

Porsche 993 Carrera e 993 Turbo: reunimos duas versões de um mito

Porsche 993

“Bellote, quer fotografar meus dois brinquedos juntos?”, me perguntou o dono das máquinas há duas semanas. “Sem dúvida", respondi. E realmente, modificando ligeiramente o ditado popular, se um é bom, dois é algo simplesmente fantástico.



Carrera

Turbo





Ícones
















VÍDEO



Os Porsches têm um lugar reservado na Garagem, assim como outras marcas de prestígio, e se destacam pela variedade de cores e estilos. A versão Turbo, por exemplo, agora tem representantes de quatro gerações. E ainda falta a 996, que estará por lá em breve.

Mas ele é um 911, não é? Se alguém perguntar, a resposta é sim. O que algumas pessoas não sabem é que cada geração recebe uma nomenclatura própria. Desse modo temos 911, 930, 964, 993, 996 e 997. Simples, não? Agora vamos conhecê-los de perto.

A geração 993 é muito valorizada pelos puristas da marca. E não é à toa. Os bólidos são os últimos equipados com o tradicional motor refrigerado a ar, cercado de mítica e histórias. Apesar de a base mecânica ser a mesma, a refrigeração a água fez com que muita gente tenha torcido o nariz para eles. Mas todos pertencem à mesma família.

Esses dois carros, além de tudo, têm uma particularidade, no mínimo, interessante. O Carrera – na belíssima cor Speed Yellow – foi o primeiro exemplar importado oficialmente a chegar ao Brasil. O estofamento azul é outro item singular no veículo, bem como o câmbio Tiptronic. Debaixo do capô, o propulsor boxer de seis cilindros entrega 271 cv brutos.

Vários detalhes que não são muito notados em outros carros, ganham importância nos esportivos de Stuttgart. A posição de dirigir, por exemplo, onde o motorista pode observar a frente o capô e as saliências dos pára-lamas. Quer mais? A chave do lado esquerdo e o conta-giros central, que é o ponto inicial de atenção quando se olha o painel.

Em busca de mais adrenalina? O Turbo preto é uma boa opção. Esse carro recebeu um kit de veneno da marca e despeja mais de 500 cv brutos nos asfalto. Ele também foi o primeiro TT a desembarcar por aqui. Exclusividade total. Vale salientar que na prova de Top Speed realizada pela Revista Driver no mês passado, o foguete registrou nada menos do que 327 km/h no final da reta!

Andar nos dois traz sensações distintas. Enquanto o Carrera tem respostas rápidas e um bom desempenho no geral, o Turbo transforma o passeio em algo – realmente – visceral. Quando as duas turbinas entram em ação, o corpo cola no banco, os pneus grudam no asfalto e a paisagem passa bem mais rápido na janela.

E assim fica registrado mais um ensaio duplo no blog. Esse é o quarto que fazemos, reunindo irmãos com personalidades diferentes. Nas próximas semanas o leitor terá a oportunidade de conhecer cada um deles em detalhes. Não perca!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails