Google+

9 de mar de 2011

Mustang Mach 1 foi o último muscle car


A crise mundial do petróleo nos anos 70 abalou a economia mundial e provocou uma conseqüência terrível para toda uma geração de apaixonados por carro: o fim dos muscle cars. Os big blocks consumiam combustível com vontade e rapidamente se tornaram preteridos pelo público.



Aliás, antes disso a indústria já começou a limitar as opções de potência e estrangulou vários motores, modificando as taxas de compressão e tornando vários modelos apenas sombra do que já tinham sido em um passado bastante recente.

CONFIRA OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO


Mas o destaque do post é a última série de um mito das ruas: o Mustang Mach 1. A versão foi lançada em 1969, com estilo e a charmosa persiana no vidro traseiro. Dois anos mais tarde recebeu uma nova carroceria e ficou maior. Vale salientar que este carro tem a maior porta do mundo, com 1,45 metro. Incrível.

Para quem se lembra ou é visitante novo, o exemplar 1973 foi destaque por aqui há algum tempo. O atual proprietário é o terceiro dono e a máquina marca apenas 30 mil milhas. Isso tem uma razão. O primeiro dono, após retirá-lo da loja, levou o clássico para casa e deixou-o mais de duas décadas sobre cavaletes, porém fazendo a manutenção de rotina.

Histórias à parte, o motor 351 V8 esbanja esportividade. O ronco borbulhante do bloco ainda faz muita gente torcer o pescoço nas ruas. A cor vermelha da carroceria ajuda nesse quesito. Pra fechar, a comodidade do câmbio automático e a maciez das trocas é outro ponto elogiável.

Até a próxima matéria!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails