Google+

16 de abr de 2011

De Tomaso Deauville: matéria com exemplar exclusivo no país

De Tomaso Deauville

Elegância. Estilo. Sofisticação. O Deauville reúne um lado da De Tomaso quase desconhecido para muita gente. A primeira idéia que vem à mente quando pensamos em um deles é força bruta e falta de conforto.



Mas com o modelo a história é bem diferente. O clássico chegou ao mercado em 1971 e logo de cara se tornou o sedã mais rápido da Itália. Aliás, Alejandro De Tomaso fez uma brincadeira que irritou os jornalistas presentes ao lançamento, mas em seguida deixou todos boquiabertos.

CONFIRA TODOS OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO


O argentino esperou que todos estivessem na fábrica de Modena e anunciou que estava a mais de 400 km de distância. Visivelmente irritados, os profissionais não acreditaram quando ele chegou em tempo recorde. A jogada de marketing poupou centenas de milhares de dólares em publicidade e foi efetivamente mais eficaz.

O sedã traz um motor 351 V8, de 5,7 litros e 330 cv. A velocidade máxima, uma de suas grandes qualidades, é de 240 km/h. Nada mal para um peso-pesado. Uma das curiosidades é que ele tem dois tanques de combustível, um de cada lado da carroceria, com capacidade total de 90 litros.

Esse exemplar, número 164 de aproximadamente 300 unidades, chegou ao Brasil há 33 anos. O atual proprietário fez uma restauração criteriosa e mantém a máquina tinindo. Aliás, vale ressaltar que esse é o único exemplar que roda no Brasil.

Dirigi-lo é uma experiência nitidamente confortável. A transmissão de três marchas dá conta do recado, apesar de que um câmbio com quatro ou cinco velocidades aproveitaria todo o torque disponível de forma mais gradual. O som do V8 ronronando é incrível.

Levante o som e curta o passeio. Nos vemos na próxima matéria, com algum clássico cheio de histórias ou superesportivo de tirar o fôlego.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails