Google+

13 de jun de 2011

Alfa Romeo Giulia Sprint GT é uma pérola italiana

Alfa Romeo

Não é de hoje que o leitor aprecia belos exemplares da Alfa Romeo em destaque no blog. Clássicos, estilosos, simpáticos e gostosos de dirigir fizeram fama no mundo todo e cativaram uma boa parcela de antigomobilistas.



As Giulias, como esse Sprint GT 1966 que pertence a Emanoel Zveibil, despertam especial interesse. Talvez pelo espírito jovem de suas linhas, esculpidas com inspiração extrema do Estúdio Bertone, que jamais envelhecem ou o cuore sportivo, que continua esbanjando vitalidade depois de – quase – cinco décadas.

CONFIRA OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO



Como toda jóia rara essa também foi bem trabalhada. “O processo demorou aproximadamente dois anos. Foi restaurado pela Maranello, empresa sucessora da importadora da época, a Jolly. A vantagem é que eles possuem os gabaritos originais de fábrica, o que resulta em perfeição da geometria e dimensões do carro”, salienta.

O brilho da belíssima pintura azul-marinho chama atenção à distância. “Ele foi polido e cristalizado. Quando parado está sempre coberto. Mas, sob meu ponto de vista, carro antigo é pra ser usado, tanto que já fiz dois rallyes, um deles no Rio Grande do Sul. Isso sem falar das saidinhas de semana ou fim de semana”, enfatiza.

Giulia



110 cv



O motor tem 1.600 cm³ de cilindrada, bloco de alumínio, dupla carburação Weber e 110 cv de pura diversão. O câmbio de cinco marchas tem bom escalonamento e os freios a disco nas quatro rodas garantem segurança nas frenagens. Esqueci de alguma coisa?

O item de série mais apreciado nesse modelo, no entanto, é a satisfação ao volante. O ronco do motor subindo de giro é algo único e merece ser ouvido várias e várias vezes. Nos falamos na próxima semana. Arrivederci!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails