Google+

10 de jun de 2011

Mercedes-Benz CLK 320 Cabriolet: o melhor de dois mundos


Todos os carros têm algum tipo de personalidade. Alguns, porém, parecem exercer um fascínio maior sobre as pessoas do que outros. Talvez pelo preço, potência ou estilo da carroceria. Os conversíveis, de modo geral, acabam se tornando o centro das atenções quando se faz um pequeno passeio pelas ruas de qualquer cidade.



A geração desse modelo, chamada de W208, durou seis anos e a versão descapotável – como dizem os portugueses – foi a que mais vendeu em toda a história dos conversíveis da marca. Mais de 115 mil unidades circulam nos quatro cantos do mundo, sendo por volta de 41 mil só na América do Norte.

CONFIRA TODOS OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO



Por outro lado, se engana quem pensa que ele é só charme e perfumaria. O carro da matéria é equipado por um bloco V6, de 3,2 litros e 215 cv brutos. Quando a adrenalina fala mais alto, o esportivo mostra suas garras. Mas também pode somente desfilar pela rua em um sábado à tarde com tranqüilidade.

O modelo tem um desempenho esportivo, a transmissão de cinco velocidades reage com rapidez aos estímulos no acelerador e o motor ronrona baixinho, entregando potência desde as baixas rotações, mas sem incomodar os passageiros.

Para facilitar a entrada de quem vai atrás, afinal o espaço é generoso, os assentos dianteiros de movimentam para frente assim que a alavanca é pressionada para cima. Outro destaque é o acabamento da capota, que mescla um desenho aerodinâmico e de extremo bom gosto. Afinal, não dá pra esquecer que é um legítimo Mercedes-Benz.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails