Google+

14 de ago de 2011

Mustang GT: encontramos um dos primeiros conversíveis da década de 90



Esportivo e clássico ao mesmo tempo. O Mustang se tornou uma referência em carro-esporte e também um antigo cheio de estilo, seja como cupê, conversível ou fastback. No mesmo dia do lançamento, em 1964, vendeu milhares de unidades e com direito a fila de espera.


Na década de 70 o modelo cresceu em tamanho e potência. Mas a crise do petróleo de 1973 tirou o clássico das ruas e substituiu o modelo por algo verdadeiramente sem graça. Nos anos seguintes adotou o motor de quatro cilindros e perdeu muitos de seus fãs.

Mas em meados da década de 80 ele voltou com força, utilizando a plataforma chamada de Fox, e reconquistou seus fiéis e outros “súditos”. Os V8 voltaram a ter importância e passaram a ocupar um lugar importante no nicho de vendas da marca.

O exemplar da matéria é um GT 1992 conversível, bastante raro por aqui. O motor utilizado é o conhecido 302 V8, mas com mais tecnologia, injeção eletrônica e 225 cv. Segundo dados de fábrica, ele fazia de 0 a 100 em apenas 7,3 segundos. Impressionante.

Acompanhe nosso passeio e também mais carros interessantes nas próximas semanas, incluindo modernos muscle cars e esportivos clássicos alemães e nacionais. Fique ligado!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails