Google+

19 de mai de 2014

Corsa GSi mudou os parâmetros de esportividade no país



Há algum tempo venho falando sobre os esportivos nacionais. Nas décadas de 80 e 90, em especial, tivemos por aqui modelos icônicos que são reverenciados até os dias de hoje. Os fatores que geraram esse sucesso são variados, incluindo o estilo, desempenho e diferenciais em relação às versões comuns, algo inexistente nos dias de hoje.

O Corsa GSi é um deles. Ele chegou por aqui em 1995, quando o Kadett GSi se tornava Sport, e assumiu um lugar de destaque frente à concorrência. O motor Ecotec de 1,6 litro, 16 válvulas e 108 cv era um de seus pontos fortes, além das rodas de 14 polegadas, saias  e aerofólio. O pequeno chamava mesmo a atenção.

Dirigindo ele se mostra arisco e bem divertido. Com velocidade máxima de 195 km/h escreveu seu nome entre os mais rápidos e conseguiu um lugar de destaque por isso. Câmbio curto, baixo peso e o comportamento agressivo em curvas fizeram sua fama. E encontrar um deles nesse estado, apenas sem o estofamento original, substituído por couro, foi bem difícil. Longa vida aos hot hatches!

Teste do punta-tacco: Nota 7. O pedal do acelerador é fundo. Porém, com um pouco de prática, o movimento se torna natural. 

Corsa GSi Corsa GSi Corsa GSi Corsa GSi Corsa GSi
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails