Google+

26 de ago de 2014

Três carros de alta performance



O que os fãs dos carros de alta performance buscam em um veículo? Desempenho, potência e velocidade? Em três modelos lançados recentemente pela Mitsubishi e Subaru é possível encontrar essas características e outros detalhes que fazem dos carros verdadeiras máquinas. Confira abaixo.



LANCER


O novo sedã da Mitsubishi é um modelo inspirado no esportivo Evolution X. Por dentro: motor 2.0 a gasolina de 4 cilindros e 16V, o carro entrega 160 cv de potência e 20 mkgf de torque vinculado à transmissão manual de cinco marchas ou automática CVT de seis velocidades. A versão top de linha GT tem rodas aro 18, sensor dos faróis e de chuva, piloto automático, além de computador de bordo em LCD colorido. Por fora: maçanetas, retrovisores e para-choques na cor da carroceria e grade no estilo jetfighter em formato de trapézio. A ponteira de escape é cromada. O Lancer 2.0 custa entre R$ 67.990 e R$ 89.990, dependendo de opções como câmbio manual, transmissão CVT etc.


ECLIPSE


Esta é a quarta geração do Eclipse, com design mais musculoso. O esportivo utiliza um V6 de 3,8 litros e 267 cv. Bloco, virabrequim, bielas e pistões são os mesmos do Pajero Full. Cabeçote, com o Mivec (Mitsubishi Innovative Valve timing-and-lift Electronic Control). O câmbio de seis marchas é bem escalonado e a alavanca tem engates resolutos. Suspensão firme, om McPherson na dianteira e multilink de quatro braços na traseira, ou seja, independente nas quatro rodas. Não há computador de bordo, mas vem equipado com sistema de som Rockford Fosgate, que conta com subwoofer de 10 polegadas no porta-malas. O carro exige peças boas e demanda muita atenção na hora de comprar pneus. Custa R$ 153 990, vendido apenas na versão manual.



SUBARU IMPREZA WRX STi


A nova versão hatchback do veterano Impreza tem motor de quatro cilindros boxer turbinado de 2 litros, que conta com sistema duplo de controle ativo de válvula (Dual AVCS) e trabalha com um câmbio manual de seis velocidades. A potência máxima é de 308 cv a 6400 rpm e o torque máximo é obtido a 4.400 rpm, com 43 mkgf. Tração com três configurações: Intelligent, Sport;e Sport Sharp (da mais amigável para a mais esportiva). Rodas de aro 18. Entre os novos mecanismos estão o sistema multi-módulo Driver's Control Center Differential (DCCD), que controla o diferencial central e o controle dinâmico VDC.


Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails